Novo CPC em Tiras – 5

inteiroteor-tira005 Resposta para constar do site (só a partir de segunda-feira): Instaurada uma demanda judicial entre autor e réu, é possível que um terceiro, estranho àquela relação, por entender que o objeto do litígio lhe pertence, ingresse com a chamada oposição. Passa, então, a haver uma outra ação, a ser distribuída por dependência à ação original, desta feita promovida pelo terceiro/opoente contra as partes originárias, as quais formarão um litisconsórcio passivo necessário. Com o advento do CPC/2015, a oposição continua a existir, mas deixa de ser catalogada como uma intervenção de terceiros, como previa o CPC/1973, passando a ser regulamentada no título reservado aos procedimentos especiais.

Share